Image Map

sábado, 1 de março de 2014

AH...A GRATIDÃO


Na semana passada, e nesta que encerrou, acompanhei pelas redes sociais mensagens e imagens de gratidão, por parte de queridas/os alunas/os, por conquistas alcançadas. Fiquei imensamente feliz e honrado pelas vitórias. Em alguns casos, me senti como um joalheiro, que lapida a pedra bruta, lhe dá brilho e aumenta o seu valor, para que outros usem e apreciem as belas joias. Ao forjador, não lhe é possível usar tão preciosa obra, por vezes, sequer um obrigado, pelo trabalho e dedicação, é digno de ouvir. Que bom que outras/os, que chegaram tão recente na vida das/os nossas/os estudantes, inclusive searianas/os, foram merecedoras/es de todo o seu obrigado. O que me apraz, como ao joalheiro, é que uma vez professor, sempre professor, e a minha consciência de que, no início de tudo, quando as lágrimas e as incertezas abatiam algumas/ns, Deus me permitiu estar ao lado delas/es, para lhes ajudar a levantar e seguir rumo ao seu sucesso merecedor. Creio que cumpri minha missão. Que para as/os novatas/os, fique o obrigado.

A gratidão é um sentimento para os nobres. Reflita sobre a parábola:

O homem que estava atrás do balcão olhava a rua de forma distraída.
Uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrine. Os olhos da cor do céu brilharam quando viu determinado objeto. Entrou na loja e pediu para ver o colar de turqueza azul.
- É para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito?, disse ela.
O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou:
- Quanto dinheiro você tem?
Sem exitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós. Colocou-o sobre o balcão, e feliz disse:
- Isso não dá?
Eram apenas algumas moedas que ela exibia orgulhosa.
- Sabe, – continuou – eu quero dar este presente para a minha irmã mais velha. Desde que morreu nossa mãe, ela cuida da gente e não tem tempo para ela. É aniversário dela e tenho certeza que ela ficará feliz com o colar que é da cor de seus olhos.
O homem foi para o interior da loja. Colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.
- Tome! Disse para a garota. Leve com cuidado.
Ela saiu feliz, saltitando pela rua abaixo.
Ainda não acabara o dia, quando uma linda jovem de cabelos loiros e maravilhosos olhos azuis adentrou a loja. Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou:
- Este colar foi comprado aqui?
- Sim senhora.
- E quanto custou?
- Ah! falou o dono da loja. O preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o cliente.
A moça continuou:
- Mas minha irmã somente tinha algumas moedas. O colar é verdadeiro, não é? Ela não teria dinheiro para pagá-lo.
O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e o devolveu à jovem.
- Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar: ELA DEU TUDO O QUE TINHA…
O silêncio encheu a pequena loja, e duas lágrimas rolaram pela face emocionada da jovem enquanto suas mãos tomavam o pequeno embrulho.

“A verdadeira doação é doar-se por inteiro, sem restrições. A gratidão de quem ama não coloca limites para os gestos de ternura. Seja sempre grato, mas não espere pelo reconhecimento de ninguém. Gratidão com amor não apenas aquece quem recebe, como reconforta quem oferece”.

Amadas/os!! Quando nos doamos verdadeiramente, de coração, seremos recompensados. Pequenos gestos de ternura, palavras de afeto e carinho, na hora menos esperada, estarão presentes em nosso dia-a-dia, ou para recebermos ou para darmos. Que possamos sempre fazer o bem, pois a gratidão das pessoas para conosco poderá nunca chegar. Dizer que é grato, que gosta, que nunca esquece, e nada fazer para reforçar o que sente, é mesmo que nada. Jesus um dia disse: "a fé sem as obras, de nada vale"; e eu digo, a gratidão sem obra, nem um valor traz a quem merece. No entanto, não devemos esmorecer pois, certamente, estaremos em paz com nossa consciência e, sobretudo, com Deus.

Um forte abraço!!

Prof. Luizel Simões...!!!

0 Comments:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Contribua em nossos artigos com sua opinião, crítica ou sugestão. Este site não aceita comentários de anônimos. Lembrando que os comentários são moderados. Obrigada!

 
© Site do Pro-SEAR - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: L.S.d.B..
imagem-logo