Image Map

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Conhecendo os nossos Municípios – CUTIAS DO ARAGUARI


Por: Josi Negreiros

Sou Josi Negreiros e irei colaborar com o blog sobre notícias relacionadas aos lugares onde o SEAR acontece. Que tal conhecer um pouco sobre os locais, a saber, os Municípios do Amapá que o Pro-SEAR atuou/atua/atuará?

Fonte: internet, 2014.

                          
 A 1ª edição do Projeto de Extensão SEAR Porto, vinculado ao Pro-SEAR, deverá ser realizada no Município de Cutias do Araguari, portanto, estou aqui para compartilhar com vocês um pouco mais sobre esse lindo lugar. O Município de Cutias do Araguari, mais conhecido como Cutias, foi criado pela lei estadual nº 6, de 01 de maio de 1992, como consequência de uma explosão demográfica na sede industrial, onde se formou a consciência da necessidade de sua emancipação, uma vez que a população era administrada, à longa distancia, pela Prefeitura de Macapá. O nome da cidade, segundo informações colhidas com moradores mais antigos do lugar, provem da existência do animal roedor, de mesmo nome, pertencente à fauna local.

Cutias está localizada na parte oriental do Amapá, e limita-se ao Norte com os Municípios de Pracuúba e Amapá, ao Sul e a Leste com Macapá, e a Oeste com o Município de Ferreira Gomes. Para as localidades vizinhas, o Município mais próximo é Itaubal e o acesso tanto a este, quanto à capital, dar-se por via terrestre e fluvio-marítima.

Seu clima predominante é o tropical chuvoso, com um pequeno período seco. Em geral, seus solos suportam uma agricultura intensiva, mas exigem manejos adequados físico-químicos. O revestimento florístico municipal está representado por uma cobertura vegetal ao Norte e Leste, constituída por formações pioneiras, sobrepondo-se às demais áreas do Município. Sua hidrografia é bastante rica em rios, igarapés e campos inundáveis.

O Município de Cutias possui muitos atrativos turísticos que provocam o deslocamento de muitos turistas, não só do estado do Amapá, como também de todo o Brasil. O caso com maior destaque é o do fenômeno da Pororoca, que pode ser observado no baixo curso e foz do Rio Araguari. Sua origem esta ligada aos processos hemodinâmicos que decorrem do encontro das águas amazônicas com o Oceano Atlântico.

E ai? Está esperando o que para conhecer este lugar?
Vem com a gente! Vem pro SEAR!!


0 Comments:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Contribua em nossos artigos com sua opinião, crítica ou sugestão. Este site não aceita comentários de anônimos. Lembrando que os comentários são moderados. Obrigada!

 
© Site do Pro-SEAR - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: L.S.d.B..
imagem-logo