Image Map

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

5ª EDIÇÃO DO SEAR SUSPENSA!


Com imenso desapontamento, COMUNICO à sociedade e, sobretudo, a Comunidade Acadêmica (alunos de secretariado e amigos), que a 5ª EDIÇÃO DO PROJETO SEAR, a ser realizada no Laranjal do Jari está, por enquanto, SUSPENSA.
Esta decisão está sustentada na ausência de COLABORAÇÃO INTERNA DOS ÓRGÃOS GESTORES DA UNIFAP, sobretudo e infelizmente, DA PRÓPRIA PROEAC.
Processos, que são abertos em tempo de tramitar para que as decisões sejam tomadas, levam dias e dias (de 9 a 10), para uma decisão de "autoridades" internas que, no uso do seu poder constituído, acabam negando pedidos, ou mesmo, decidindo ao contrário do solicitado e, no tempo das suas CONVENIÊNCIAS, comunicam à Coordenação do Curso, para só então chegar à Coordenação do SEAR quando nada, ou quase nada, pode ser feito para reverter situações por eles identificadas/criadas.
A última situação, determinante para esta decisão, foi o processo de concessão de auxílio financeiro estudantil, pelos fatos:
1. o processo foi protocolado dia 11/10/2013;
2. o processo só foi aberto dia 16/10/2013;
3. o processo foi recebido na PROEAC no dia 18/10/2013;
4. o pró-reitor, imediatamente, despachou ao DEX;
5. o DEX, no mesmo dia, despacha para a Coordenação do Curso;
6. a Coordenação do Curso, 03 DIAS DEPOIS (dia 21/10), é que encaminha o processo para a coordenação do SEAR;
7. no dia 23/10, a Coordenação do SEAR devolve o processo ao DEX;
8. o senhor diretor do DEX, somente no dia 29/10 (06 DIAS DEPOIS), é que despachou o processo, de novo, para a Coordenação do CURSO (podendo fazê-lo direto para a Coordenação do SEAR, já que o programa de extensão é registrado lá);
9. o DEX, somente no dia 1º de novembro (em uma sexta-feira, pela tarde), é que entrega o processo na Coordenação - TOTAL DE 09 DIAS;
10. a coordenação do curso, entregou no mesmo instante para a Coordenação do SEAR.
Ocorre que, no primeiro despacho, o senhor Diretor do DEX, negou a tramitação por ausência de prestação de contas da concessão anterior. Usando a mesma norma em que o ele negou, a coordenação do SEAR demonstrou que a despesa é PESSOAL E INTRANSFERÍVEL, pois se vincula ao CPF do beneficiário, logo, a nova solicitação considerando, sobretudo, que o tempo entre uma Edição e outra seria curto, era com nomes de outros beneficiários (inclusive por contas das  férias).
O senhor diretor do DEX, então, sustentado, segundo o próprio, até na Constituição Federal, VOLTOU A NEGAR O TRÂMITE, desta feita, baseado em outra norma, pois, a solicitação foi feita pelo Coordenador do Projeto SEAR, logo, com OBRIGAÇÃO de prestar contas das concessões anteriores. Partindo, das arguições do próprio senhor diretor, é como se a obrigação de prestar contas, das diárias solicitadas, TAMBÉM FOSSE do coordenador, haja vista que é quem encaminhou, e tem encaminhado, os pedidos de diárias aos professores e demais colaboradores do Projeto.
Não me furto, e nem quero, de debater internamente qualquer legalidade, tampouco, me sujar com quaisquer ilícitos. Vou apresentar os relatórios dos alunos beneficiários, inclusive, se o caso, com notas de despesas. No entanto, que os gestores internos da UNIFAP fossem, na mesma  medida que usam o seu pseudo poder de mando, para negar procedimentos que enaltecem o nome da própria IFES, zelosos com o TEMPO DE TRÂMITE dos processos e, sobretudo, antes de NEGAREM, tivessem humildade para propor e ou debater SOLUÇÕES.
Igualmente, tomei conhecimento, por telefone, que a prestação de contas tem que ser de outra forma, diferente das outras prestadas, porque ainda estão pensando em mudar a Instrução Normativa 001/2012 da PROEAC. Ou seja, por telefone, eles já querem que sejam outros procedimentos  porque já estão PENSANDO EM MUDAR o que estava dantes normatizado. É IMPRESSIONANTE, para não ser trágico.

PEÇO DESCULPAS A TODOS! Ainda tentaremos uma ação na segunda-feira. Não sendo oportuna, lamentavelmente, teremos que CANCELAR a 5ª Edição do SEAR e, creiam, até o próprio SEAR, porque se algumas autoridades internas da própria UNIFAP não conseguem compreender a importância do que o SEAR já fez e, até pretende fazer, creio que não há mais porque continuar a teimar fazer. Tenho certeza que eles, iluminados como são,  poderão fazer melhor do nós já fizemos e poderíamos ainda fazer.

Por Prof. Luizel Simões de Brito
Coordenador Geral do Pro-SEAR

P.S.: CONVOCAMOS OS ALUNOS QUE TÊM INTERESSE NA CONTINUIDADE DO SEAR, PARA UMA MANIFESTAÇÃO, SEGUNDA-FEIRA, PELA MANHÃ, CEDO, NA REITORIA.


1 Comment:

Anônimo said...

:,/

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós. Contribua em nossos artigos com sua opinião, crítica ou sugestão. Este site não aceita comentários de anônimos. Lembrando que os comentários são moderados. Obrigada!

 
© Site do Pro-SEAR - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: L.S.d.B..
imagem-logo